top of page
  • Foto do escritorFabrizio Caldeira

Legislativo aprova aumento da alíquota do ICMS para 19% em Goiás

Após o líder do governo, deputado Wilde Cambão (PSD), devolver o pedido de vista, a proposta que altera o Código Tributário do Estado de Goiás (CTE) foi aprovada na Comissão Mista da Assembleia Legislativa, com o texto original. A matéria de autoria do Poder Executivo foi deliberada na tarde desta quinta-feira (30/11).

A alteração dividiu opiniões no colegiado por aumentar de 17% para 19% a alíquota modal do Imposto sobre Operações Relativas a Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), motivada, de acordo com o Governo de Goiás, pela queda de arrecadação goiana decorrente das alterações promovidas pelas Leis Complementares Federais nº 192, de 11 de março de 2022, e nº 194, de 23 de junho de 2022.

As mudanças introduzidas no ordenamento jurídico foram significativas na arrecadação do ICMS em relação às operações que envolvem combustíveis, energia elétrica e prestações de serviços de comunicações. Isso contribuiu para reduzir a receita dos estados federados provenientes do recolhimento do ICMS, inclusive do Estado de Goiás, com impactos financeiros consideráveis.

Votaram contra a proposta os deputados Antônio Gomide (PT), Clécio Alves (Republicanos), Fred Rodrigues (DC), Major Araújo (PL) e Delegado Eduardo Prado (PL).


Fonte: A Redação

bottom of page