• Fabrizio Caldeira

Receita Estadual tem novo número de telefone para atendimento ao contribuinte

Até ser totalmente desativado o antigo 0300 313 0100 continua recebendo ligações com origem de telefone fixo

Para facilitar a vida do contribuinte, a Secretaria da Economia mudou o número de atendimento da Receita Estadual, que recebe ligações originárias tanto de celular como de telefone fixo: 62 3309 6950. O antigo 0300 será totalmente desativado em breve.

O Atendimento da Receita Estadual, da Secretaria da Economia, tem um novo número: 62 3309 6950 para ligações de celular e fixo em substituição ao antigo 0300 313 0100 que será desativado em breve e, até lá, só está recebendo ligação de telefone fixo. “Muitos contribuintes e contabilistas estão trabalhando de casa e só usam o celular. O 0300 não atendia mais essa demanda e, por isso, antecipamos a mudança” explicou o superintendente de Superintendente de informações fiscais (SIF) da Secretaria da Economia, Glaucus Nascimento. O novo número já está ativo.


De acordo com o gerente de Informações Econômico-Fiscais da SIF, Luciano Alves Pessoa, a equipe da Coordenação de Atendimento ao Contribuinte trabalha com 22 servidores. Eles estão capacitados a esclarecer dúvidas e fornecer informações sobre tributos (IPVA, ITCD, ICMS), legislação tributária, além de procedimentos fiscais como o sistema de Documentos Fiscais Eletrônicos (NF-e, NFC-e, CT-e, NFA, MDF-e), Escrituração Fiscal Digital (EFD), Domicílio Tributário Eletrônico (DTE), autos de infração e utilização dos sistemas disponibilizados.


A coordenadora da equipe, Celma Maria Nascimento, diz que no último mês foram realizados dez mil atendimentos, um pouco acima da média mensal de seis mil, devido ao fluxo de contribuintes buscando esclarecimento sobre o Programa de Recuperação Fiscal Facilita . Ela informa, ainda, que até o final do programa, o antigo 0300 ainda atenderá quando a origem da chamada for de telefone fixo. O atendimento é realizado em horário comercial, das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, com intervalo de meia hora entre 12h45 e 13h15 durante a pandemia para higienização da unidade.

Fonte: Comunicação Setorial - Economia