top of page
  • Fabrizio Caldeira

Conat discute aspectos do ICMS, IPI e e-commerce e articulação para redução das obrigações acessória

O Conselho Temático de Assuntos Tributários (Conat) da Fieg, liderado pelo empresário Eduardo Zuppani, reuniu membros do colegiado quinta-feira (18/08) para discutir a incidência do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) sobre a liquidação das diferenças apuradas nos contratos de curto prazo no ambiente de contratação livre. O tema contou com análise do advogado tributarista Fabrizio Caldeira Landim.


A pauta da reunião ordinária do Conat incluiu ainda exposição do conselheiro Ivanildo Medeiros sobre aspectos da tabela do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Medeiros falou também de questões relacionadas à tributação de produtos comercializados no ambiente e-commerce.


Na oportunidade, o presidente do colegiado, Eduardo Zuppani, fez balanço sobre as articulações encampadas pelo Conat junto aos órgãos governamentais, buscando desburocratizar e simplificar processos tributários.


"É uma ação feita em parceria com o Conselho Temático de Agronegócio (CTA) da Fieg e o Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRC-GO) que visa à apresentação de proposta para redução das obrigações acessórias. O grupo de trabalho conta com participação de auditores fiscais da Secretaria de Economia. Queremos sensibilizar sobre a questão que interfere diretamente do ambiente de negócios", afirmou Zuppani.


Fonte: Revista Goiás Industrial

bottom of page