• Fabrizio Caldeira

Apoio à digitalização das administrações tributárias

Na terça-feira, 5 de abril, o CIAT realizou, juntamente com o Fórum de Administração Tributária (FTA) da OCDE, um workshop sobre apoio à digitalização de administrações tributárias em países em desenvolvimento da região da ALC .


Em nome da FTA, o Sr. Vegard Holmedahl iniciou o evento apresentando o relatório sobre digitalização nos países em desenvolvimento. Este relatório procura motivar e ajudar as administrações fiscais a serem mais eficientes e eficazes na digitalização, promover orientações para programas de digitalização numa perspetiva estratégica e identificar oportunidades de digitalização. Clique aqui para baixar a versão em inglês do documento.


Em seguida, o Secretário Executivo do CIAT, Sr. Márcio F. Verdi , liderou o painel “ Benefícios e desafios das Administrações Tributárias”, em que participaram as mais altas autoridades da Receita Federal do Chile e a Direção Nacional de Impostos e Alfândegas da Colômbia. Neste interessante painel, o Sr. Hernán Frigolett C. nos disse que um dos principais objetivos do SII nos próximos anos é ser uma organização 100% digital, para oferecer serviços expeditos e eficientes que permitam aos contribuintes cumprir. Além disso, referiu que em quatro dias foram aceites 700.000 declarações pré-preenchidas, o que equivale a 25% das pessoas que devem apresentar o referido procedimento. Por seu lado, o Sr. Lisandro Junco R. disse-nos que a DIAN nos últimos 4 anos realizou um processo de modernização, não só tecnológica, mas também de processos, o que permitiu que em 2021 e 2022 haja um aumento da arrecadação de impostos de quase 30%; É importante mencionar que a base tributária não foi aumentada, mas sim que a evasão foi trabalhada. No final deste painel, para o CIAT, o Sr. Raul Zambrano falou sobre a importância que o talento humano destas administrações fiscais tem tido para realizar esta transformação digital.


Em seguida, em nome da OCDE, o Sr. Oliver Petzold fez uma apresentação do documento Tax Administration 3.0 e do Modelo de Maturidade da Transformação Digital. Finalmente, do CIAT, o Sr. Santiago Díaz de Sarralde falou sobre o relatório do INDETEC


O evento contou com a presença de mais de 170 funcionários das administrações fiscais da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Equador, Guatemala, Honduras, México, Marrocos, Peru e da Federação de São Cristóvão e Nevis.



Fonte: Centro Interamericano de Administraciones Tributarias